Alegre o Tempo Inteiro

Eu não consigo ser assim.
Mas há quem consiga!

É normal ter dias tristes e dias felizes. Mas acho muito massa pessoas que conseguem prolongar essa felicidade e, ser mais comum vê-las sorrindo. Isso realmente é contagiante.

Me pergunto como fazem isso. Algumas dizem “eu não gosto de ficar triste!”
Mas ora essa. Quem gosta de ficar triste? (tirando adolescentes fãs de emo-rock e babaquinhas em geral)

Por mim, não é questão de “gosto ou não gosto”, mas as vezes parece mesmo que as pessoas tristes curtem a tristeza! Vocês, tristonhos já pensaram nisso? (eu sou como vocês, mas vou fingir que não, obrigado -q)

(Esse post é triste demais, bora ouvir um HC pra animar)

Mas cuidado com os fingidos. Afinal, se felicidade é contagiante, tristeza também é. E porra, eu acho estranho pessoas que vivem um dia normal e fica forçando: “EU TO FELIZ, GENTTTTTTTTTT”! Ela pode ser natural, pode ser ela mesma e ficar de boa! Mas ainda prefiro ela do que os forever-tristes da vida. Aquela galera que NADA é legal. Sair é chato, lugar cheio é chato, música é chato. Ah, vá se foder!

Acho mesmo que nas palavras do “seja você mesmo” inclui o lance de viver seu humor de verdade. Se não você não estiver tristão ou felizão, certamente você estará no meio disso. Ficando feliz se ver seus amigos num rolê, ficando triste se ficar domingo em casa vendo Faustão. E isso não é feio. Não force a barra dizendo que está de um jeito só para ganhar a bendita atenção.

(A tira de hoje é praticamente 3 em 1. Vai vendo!)

Anúncios
Esta entrada foi postada em tiras.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s