Pensando

post teste

“Ahhh que essa porra de dia foi a mesma coisa de sempre. Trabalho, transporte cheio, sono, fome, hora não passa, ex no pensamento…”

Mas que porra! Só reclamo?! Vai tomar no meu cu, por que não faço nada pra mudar essa merda? Porra que pariu, cansado dessa merda, ta tudo tão lindo, mas só vejo a merda do lado ruim da coisa que nem é tão ruim assim.
Tá tudo perfeito, mimimi de ex de cu é rola, se você (eu) ler isso em qualquer momento, e estiver triste, ou insatisfeito por algum desses motivos… Mano, acorda, cacete de agulha, to com raiva de você mano! Muda essa porra de atitude, veado!
E sim, você ama ela, fazer o que? Continue vivendo.
Lixo.
Mas foda-se.

∞∞

Desabafo enviado por Anõnimo

ex namorada

Jovens e Igrejas

Será que muitos dos religiosos jovens que estão na igreja realmente sabem por quê são crentes na sua religião?!

Hoje em dia é normal você ver alguns dos seus amigos irem para a igreja. Acreditamos que eles estejam lá para aprender algo bom e aplicar isso em suas vidas. Porém, na maioria dos casos, não é o que acontece com todos.

Tem muitos jovens que vão para a igreja e dizem que creem no seu Deus sem ao menos ter conhecimento sobre ele e sobre a sua religião, e acabam crendo mesmo assim, por “N” motivos ( alguns simplesmente ficam emocionados com as experiencias espirituais dos outros; outros vão por influência dos amigos que também vão; tem gente que tem até medo de desacreditar em Deus e irem para o inferno hahahaha; pessoas solitárias que se identificam com a galera da igreja e outros motivos doidos…).

É fato que isso vai acabar em bosta. A galera só vai perder o tempo da sua vida e não acrescentar nada de bom em si mesma.

Tem um caso de uma guria que frequenta uma igreja aqui da região, e essa criatura é uma santa dentro da igreja (vive dizendo que Deus é o todo poderoso; que é errado isso e aquilo e blablabla ), mas fora da igreja, essa vadiazinha sai dando pra geral e depois tem a cara de pau de aparecer no próximo culto e deixar a sua cara explicita pra toda igreja dizendo “Eu sou santa!!!”.

…ai você se pergunta “O que essa doida ta fazendo na igreja ?!” Tudo que foi dito no culto não serviu para nada. Onde foi parar a sua convicção com sua religião?!

Existem vários casos “escrotos” sobre esse assunto. Acho que antes de cada pessoa crer em algo, é importante saber o porquê de estar crendo nisso, ser coerente com o que pensa e agir da mesma maneira (independente do que vão pensar de você).

O que importa realmente é você ser sincero consigo mesmo e fazer aquilo que você realmente acredita.

∞∞

Desabafo enviado por Lucas

Tô Feia

Não adianta! Onde for permitido a postagem de fotos do usuário, o mesmo apelará pro elogio forçado.

Esse tipo de coisa me tira a paciência, e sinceramente não gostaria que isso acontecesse, mas não tenho muito controle sobre isso.
Com a chegada do INSTAGRAM a coisa ficou pior, muita gente pagando de fotografo com efeitos já prontos, tirando fotos de tudo.

Ah.. fotos de tudo.. as meninas deveriam tirar fotos de sua genitália e postarem perguntando se a depilação está feia!
Tem gente que vai tirar fotos de dentro do caixão quando morrer. Não me conformo!

Amarrando cadarço pra sair *-* – foto
Cortei o braço :\ – foto

AHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!!!!!11111

Tem gente que não se liga muito nas coisas que faz. Jura que ta passando mal, que não tem condições alguma de fazer algo produtivo, ai vai lá e posta uma foto toda maquiada, esbanjando saúde do lado da maca no hospital comendo nutella.
Garanto que se o seu chefe olhasse essa pintura, você teria de procurar outro emprego.

Acho que as moças ganham dos moços nessa loucura. Não é muito comum o macho bater foto em frente ao espelho se contorcendo e fazendo bico,
mas algo é fato, alguns desses machões tiram fotos de seus “”””””TANQUINHOS”””””””, segurando a camisa com a boca achando que esta abafando, pode abafar pra meia duzia de mina retartada, ou pra mesma cota que faz biquinho em 50 de 49 fotos.

Hoje em dia uso bastante o facebook, local que se tornou “perolófico”. Em um minuto aparecerá alguma fotinho com legenda escrota pra eu detonar mentalmente.
Deixo claro que não merece o meu respeito você garota ou garoto que atualiza sua linha do tempo com uma imagem legendada por – To feia né >.< / – Feio pra caramba :\”.

Acho que a única coisa que se vende falando “mal de si” é o cigarro, e se você não é um cigarro eu não perdoarei.

∞∞

Desabafo enviado por FBKR

São Paulo, 30 de setembro de 2012

Agora, quase nada de chuva ainda cai sobre nós. Há muito não se sentia tal frescor no ar. É quando passa a chuva que a gente tem a sensação de alívio ou culpa. A umidade como algo que nos penetra suscitando em nós mesmos algo que o torpor da secura mantinha escondido sob a pele. Não entendo por que a chuva nos deixa assim, tão nostálgicos ou loucos. Pode ser que definam como um mero traço da ausência paterna. Sempre nos metem uma psicologia barata goela abaixo. Em tudo. Uma mera colocação e  Voilà temos toda uma tese sobre nossos anseios e angústias. Nunca entendi porque insistia nos livros de psicologia; Não me fazem bem, não que seja regra o “desistir do que fere”… O que realmente me faz bem, e podem apedrejar esta santa que não sou, é pensar Nele.

Nele que não é Marcelo, nem Duarte, nem Simão. É outro.

Um tal homem que, não sei bem o motivo, ainda existe. Por vezes me pergunto gargalhando porque demorei tanto para tê-lo. De forma possessiva e intransferível. Algumas coisas deveriam ser mantidas fora do domínio público. Assim feito, não mais do que os necessários saberiam do gosto, do desgosto ou o peso da obra. Imaginá-lo me seria bem melhor, não me arrancaria pedaços. E eu penso nele que provavelmente deve estar dormindo ou ocupado demais para ter pena de si mesmo ou ainda, talvez, esteja escrevendo, pintando, rindo desvairado… Ele tem manias, sempre soube e nunca me incomodaram. Também tenho as minhas e admito ser bem mais estranha, neurótica e dramática que o homem que me rouba o tempo.

Uma Fatalidade, não sei se seria essa a melhor definição que poderia dar mas a impotência perante o sentimento é tamanha que não poderia me travestir em sinônimos eufêmicos. Tenho dormido um sono abafado, exaurida e esvaindo-me todas as noites. A distância sempre presente. Mais Pessoa pra esta vida. Não poderia afirmar ser de todo mal que esteja longe; quando juntos nos devoramos, com  olhos, com toques ou mesmo com àquela vontade que pode se solidificar ao nosso redor. Não creio que seria correto que ficássemos todo o tempo juntos. Seria quase injusto com os vizinhos que todas as noites, tardes e manhãs ouvem meus gritos quando ele me atormenta querendo de mim o que só o corpo pode doar. Fico imaginando os poucos que nos puderam presenciar juntos, há sempre uma certa pena ou comoção, não pelo barulho ou pela forma com a qual nos portamos; mas sim, pela vontade que devemos causar. É opressiva.

Para mim sempre um modelo. Um comportamento impecável, o respeito imaculado. Ele estranha a demora pra que tudo acontecesse e eu o estranho por completo. Mas posso afirmar com toda a certeza: É amor. Aquele de dar tapa na cara e marcar o corpo do outro como lembrança do tesão e da posse, de ostentar as cicatrizes com o mesmo carinho das pelúcias de outrora. Ele é um homem fenomenal. Suponho que sofro dos nervos e sofro da alma, a parte latina de puro exagero e drama, esta pode ser, sem dúvidas, ser deixada comigo; à que se desespera e sem põe a chorar sem motivo aparente.

Quando me acalmo prefiro o silêncio, ele se cala, me consola, me afaga; na minha opinião, era melhor tê-lo entre as pernas. Quando ele me invade não me importo com mais nada. Que tudo se parta ao meio. Ele tem uma forma que não sei explicar. Forma de saber entrar e sair causando danos e ainda sendo reverenciado. Se Deus criou o homem certamente pediu conselhos ao Diabo para criar este de quem tanto falo. Tenho certeza. Nunca vi um homem tão sacana. E tão meticulosamente santo.

Teu toque me embala e jamais poderia cogitar tamanha sincronia… Sintonia… Euforia… Tudo que é externo perde o “porquê” quando ao teu lado. “Não se acomode!” venho repetindo e ao mesmo tempo me pergunto como poderia ser capaz de tamanha proeza se quando estou naqueles braços não sou sequer capaz de desejar qualquer outra coisa quiça de lutar pelas mesmas.  Toda mulher é sempre uma santa, mas nem toda é capas do milagre de permanecer na vontade de um homem; nunca fui dada aos milagres, me resta a sorte ou ainda menos: a esperança de uma pseudo-sorte. E ele é chato. Vagaroso, tímido e recalcado feito um velho, têm olhos inocentes que afirmam sempre não ter culpa de suas indecências porque é criança e crianças agem por impulso. Eu o entendo. Sempre o admirei e não seria agora que isso haveria de mudar. Não somos iguais em quase nada. Os interesses podem até se parecerem, mas nós não. Aposto que em breve não poderá contar quantas vezes me acalantou no meio da noite ou afagou meus cabelos enquanto me segurava em suas pernas jogada no chão em prantos.

Sendo muito mais prático do que eu acaba por me repreender por textos longos que o angustiam.  Eu fumo meus cigarros e acabo não me importando se o incomoda, me afasto, me esquivo; nunca o bastante. Sei apenas que ele mora por ali, faz amigos acolá, trabalha não sei onde e, que o diabo o proteja, porque, de fato, ele é o único homem que sabe me calar. E, quando ele me atravanca o caminho dizendo amor, eu o atravanco a vida exigindo mais.

∞∞

Desabafo enviado por Dafne Saqueti

A Concorrência Humana

Não sei, deve ser um instinto do ser humano ser competitivo, querer ter mais, querer ser mais. Tudo bem você querer varias garotas, ou ter “a garota“, ou ter aquele carro, ou ser popular. São coisas com um propósito, mesmo que totalmente voltado ao seu próprio ego, que fazem sentido.

Agora, veja essa situação:
Você voltando do seu serviço, trabalhou o dia inteiro para tirar sua merreca no final do mês e tem aquela fatídica rotina de pegar o busão de horário de pico, lotado e cheio de gente que NÃO USA PERFUME PARA AS AXILAS, mas isso vira detalhe quando o busão se torna um campo de competição.

É, você entra e vê aquela negada toda enfileirada segurando nos apoios superiores do busão (como se fossem aquelas carnes de frigoríficos penduradas) e não vê nenhum lugar vazio e logo se conforma:
“Pelo menos não vou em pé sozinho, e também sou jovem não preciso estar sempre sentado ia parecer um velho cansado.”

Logo você vai e acha um espaço para ir espremido para sua casa.
Quando na sua frente, a pessoa da janela se levanta e deixa o banco vazio, claro que isso é Obra de Deus, ele viu que você trabalhou duro o dia inteiro e merce um lugar para descançar no trajeto até a sua casa.

Mas ai vem o ser humano, ahh o ser humano, que ficou sentado do lado do corredor, em vez de ir par ao lado da janela para as coisas ficarem mais fáceis, não ele continua sentado ali daquele lado com aquela expressão facial te dizendo:
“Você só vai passar pra cá, se for por cima de mim”

MAAAAASSSS
PRAAAAAAAA
QUEEE?????

É só um assento comum, não custa ir 30 centímetros para o lado, mas não a pessoa precisa mostrar que quem manda ali naquele assento é ele(a) e não irá se mover só para mostrar que é o fortão daquela budega.

Faz sentido isso? 

Coisas simples seriam simples, se as pessoas não fossem extremamente competitivas.
Vai saber, deve ser culpa do maldito capitalismo.

∞∞

Desabafo enviado por Paulo Rodrigues

“ATENÇÃO SENHORES PASSAGEIROS…

…ESSE TREM NÃO PRESTARÁ MAIS SERVIÇOS”

Acho que pra 99,9% das pessoas que vivem na Z/O ( mais especificamente Jandira, Itapevi ) O.D.E.I.A.M do fundo do coração quando esse cara fala isso…
Ainda não consigo entender como a porra dessas obras demoram 90 anos pra ficar pronta.

CADÊ A MELHORIA DESSA BOSTA? Por que eles falam que são obras para “melhoria” rssssssssss
Cara, sério, isso me deixa putão… Não bastasse aguentar aquela maldita roupa social quente, com uma camisa enfiada na porra da calça, aquele calor insuportável, aquelas crianças gritando e aqueles pernilongos voando pra caralho no calor.

Eu louco pra chegar em casa depois de um dia de trabalho cansativo, a rola daquele trem de filho da puta (que ainda é o ****NOVO****) para em Barueri e me deixa mais puto que acabar a luz em casa
Pra quem mora em Barueri tanto faz né, desce naquela porra mesmo… Eu tenho que chegar em casa 23 horas e graças a esse arrombado de trem eu chego as 23:30.
OBRIGADO CPTM, OBRIGADO GOVERNO POR REDUZIR MINHAS HORAS DE SONO. Filhos das putas!

∞∞

Desabafo enviado por Ricardo Leroy